A Fazenda > História

A origem do nome: quando a sede da fazenda estava sendo construída, havia um "carneiro" que bombeava água para suprir a demanda da fazenda, acontece que ele não conseguia suprir as necessidades da propriedade de maneira satisfatória. Até que veio a ideia de instalar ali uma roda d'água, que por sua vez, resolveu o problema de abastecimento de água. A roda d'água foi substituída por duas vezes apenas e continua a trabalhar calmamente, dia após dia, apenas com pequenos reparos de baixo custo de manutenção. (Eventualmente, bombeamentos de água com motores elétricos mais possantes são acionados para atender uma demanda maior.)

A Fazenda Roda d’Água, é uma empresa agrícola familiar de capital fechado, cujas atividades atuais se destinam a produção de cafés especiais, gado de corte, maracujá, limão e eucalipto.

A empresa iniciou suas atividades em 1986 e desde então vem evoluindo e se profissionalizando.

Para diluir o risco de mercado, a propriedade sempre procurou diversificar suas atividades (fontes geradora de receitas), embora se tenha um histórico de dedicação à criação de gado de corte e ao cultivo de café, a propriedade investe ou já investiu, em outras atividades como: mandioca, feijão, cana, limão e maracujá, além de já ter arrendado parte de suas terras para aluguel de terceiros (cultivo de soja, cana de açúcar e parceria na criação de gado de corte).

A fazenda atualmente possui com 522 hectares (111,16 Alqueires MG), sendo 20% dedicados a reserva permanente.








    Linha do Tempo

A figura representa o timeline com os principais marcos da Fazenda Roda D’Água